Trensurb investirá na reforma de estações e no sistema de sinalização

A Trensurb definiu em reunião administrativa no final de julho deste ano onde irá investir o crédito suplementar de R$ 10 milhões repassado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. A informação foi divulgada pela coluna de Jocimar Farina.

Cerca de R$ 6,5 milhões será investido nas reformas de várias estações com fluxo alto de passageiros construídas há mais de 35 anos. Entre elas: Rodoviária, Mathias Velho e Sapucaia.

As estações receberão nova pintura, reforço na iluminação, conserto das escadas fixas, reforma nos terminais de ônibus e passarelas e adequação de acessibilidade.

Os demais R$ 3,5 milhões serão investidos em um novo sistema de sinalização, compra de novos monitores para o Centro de Controle, compra de novos nobreaks e investimento no local onde os trens são consertados.

A instalação de ar-condicionado nos 25 trens antigos da série 100 não será feita. As composições foram construídas no Japão e entregues em 1984 para a operação na Região Metropolitana de Porto Alegre

O diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto, disse que os trens são antigos e precisam ser substituídos.

“Os trens da série 100 precisam ser substituídos. Instalar ar-condicionado neles é um processo muito caro. Os custos com energia, que já são altos (com estes veículos), ficariam maiores. Eles vão durar ainda mais cinco ou dez anos. O plano ideal é uma nova frota. Apesar de ser uma troca cara, ela precisa já começar a ser discutida”, disse Bisch Neto.

Eduardo Paulino

Paulistano, aquariano e prestativo. É apaixonado pelos temas marketing digital, mobilidade urbana, recursos humanos e empreendedorismo. É o criador dos sites Mobilidade SampaMobilidade Curitiba, Mobilidade RioMobilidade Floripa e Mobilidade Porto Alegre. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para eduardo@grupopln.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.