Pacote de propostas do transporte coletivo não é votado pelo segundo dia consecutivo, por falta de quórum

Pelo segundo dia consecutivo, a segunda sessão extraordinária na Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta sexta-feira, dia 31 de janeiro de 2020, para votação do pacote de propostas do transporte coletivo, para reduzir a tarifa de ônibus de Porto Alegre, não aconteceu novamente por falta de quórum.

No período da manhã, tiveram duas tentativas de votação, na primeira, 15 vereadores se apresentaram, já na segunda, 17 vereadores se apresentaram. Só que para haver a sessão de votações é necessário ter a presença de 19 vereadores.

Nas galerias da Câmara Municipal de Porto Alegre, cerca de 50 rodoviários estavam presentes e comemoraram muito a falta de quórum, já que eles defendem a permanência dos cobradores nos dias e horários que a Prefeitura de Porto Alegre deseja diminuir.

Agora o que vai acontecer? Foi agendada uma nova sessão extraordinária para a próxima segunda-feira, dia 3 de fevereiro de 2020. Só resta saber se haverá quórum suficiente para votação.

Nós iremos acompanhar toda a mobilização na segunda-feira e informaremos aqui no site.

Eduardo Paulino

Paulistano, aquariano e prestativo. É apaixonado pelos temas marketing digital, mobilidade urbana, recursos humanos e empreendedorismo. É o criador dos sites Mobilidade SampaMobilidade Curitiba, Mobilidade RioMobilidade Floripa e Mobilidade Porto Alegre. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para eduardo@grupopln.com.br.

3 thoughts on “Pacote de propostas do transporte coletivo não é votado pelo segundo dia consecutivo, por falta de quórum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.