Grow encerra operações de patinetes elétricos e bicicletas em Porto Alegre e Torres

A Grow, empresa que opera os patinetes elétricos e bicicletas da Grin e Yellow, anunciou nesta quarta-feira, dia 22 de janeiro de 2020, que os patinetes elétricos vão deixar de operar em Porto Alegre e Torres.

A empresa informou que “a medida faz parte de um processo de reestruturação da empresa” e “a decisão foi tomada para que a companhia promova um ajuste operacional e continue prestando serviços de forma estável, eficiente e segura”.

Os patinetes elétricos vão continuar operando somente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Além do encerramento da operação dos patinetes elétricos em Porto Alegre e Torres, a Grow também vai encerrar as operações dos patinetes elétricos em Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Florianópolis, Goiânia, Guarapari, Santos, São Vicente, São José dos Campos, Vitória e Vila Velha. As patinetes que estavam nessas cidades serão transferidas para as cidades em operação.

Já as bicicletas, a Grow informou que elas estão temporariamente fora de circulação. “Elas foram recolhidas das ruas para que sejam submetidas a um processo de checagem e verificação das condições de operação e segurança. A empresa está em busca de parcerias públicas e privadas para fortalecer e expandir sua operação”, informou a empresa.

“Planejar essa reestruturação nos colocou diante de decisões difíceis, porém necessárias para aperfeiçoar a oferta de nossos serviços e consolidar a nossa atuação na América Latina. O mercado da micromobilidade é fundamental para revolucionar a forma como as pessoas se locomovem nas cidades e continuamos acreditando que esse mercado tem espaço para crescer na região”, explica Jonathan Lewy, CEO da Grow.

Para quem tem créditos adquiridos não usados no aplicativo, a empresa orienta que o usuário peça o reembolso no botão de ajuda do aplicativo (disponível para iOS ou Android) ou pela central de ajuda, no site da Grin.

Em parceria com uma consultoria de Recursos Humanos, a Grow está buscando a recolocação dos colaboradores demitidos. “Agradecemos aos colaboradores que estiveram conosco e estamos buscando sua recolocação no mercado de trabalho. É importante ressaltar que todos terão resguardados os seus direitos trabalhistas”, completa Jonathan Lewy.

Leia também

Sete explicações para a saída dos patinetes elétricos da Grow de Porto Alegre

Eduardo Paulino

Produz conteúdo no Mobilidade Porto Alegre, Mobilidade Curitiba e Mobilidade Floripa desde 2019. Também produz conteúdo no Mobilidade Sampa desde 2014. É apaixonado pelos temas empreendedorismo, marketing digital, mobilidade urbana e recursos humanos. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para contato@eduardopaulino.com.

Um comentário em “Grow encerra operações de patinetes elétricos e bicicletas em Porto Alegre e Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.