Trensurb recebe certificação de governança e tem nota máxima no índice

11
Certificado de governança
Publicidade

A Trensurb recebeu a certificação de governança do Governo Federal. O certificado foi concedido a 61 empresas estatais que apresentaram avanços de gestão.

Ao todo, 14 empresas estatais receberam nota máxima, entre as que foram melhor avaliadas, no nível 1, está a Trensurb, ao lado de empresas como o Banco do Brasil, Petrobras, Caixa Econômica Federal e Eletrobras.

A cada seis meses, a Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais mede os avanços de melhores práticas de governança nas estatais, utilizando como instrumento de controle contínuo o Indicador de Governança.

Publicidade

Neste 4º ciclo, a prioridade foi avaliar a efetividade do funcionamento das estruturas de governança implementadas e a adoção das melhores práticas corporativas utilizadas no mercado. O indicador enquadra as empresas em 4 níveis, de acordo com a nota obtida na avaliação.

A avaliação foi criada para apoiar e promover iniciativas de modo que todas as empresas possam cumprir integralmente a Lei nº 13.303 de 2016, conhecida como Lei das Estatais.

“Essa certificação representa o reconhecimento à qualidade do trabalho de uma equipe dedicada e várias medidas que vêm sendo implementadas nesses dois últimos anos para reforçar a governança corporativa da empresa”, avalia o diretor-presidente da Trensurb, David Borille.

Para ele isso demonstra, também, “a dedicação de seus empregados e o aperfeiçoamento dos nossos processos de gestão, e que tem se concretizado também por meio de outras iniciativas de melhorias do serviços aos usuários”.

Além da Trensurb, as empresas que tiraram nota máxima foram: Banco do Brasil, BB Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, BB Seguridade, BNDES, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Ceitec, Eletrobras, Empresa de Pesquisa Energética, Grupo Hospitalar Conceição, Petrobras, BR Distribuidora e o Serpro.

Trensurb

A Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre – Trensurb – é uma empresa pública vinculada ao Governo Federal, que tem por acionistas a União (99,8812%), o Estado do Rio Grande do Sul (0,0919%) e o município de Porto Alegre (0,0269%). Foi criada em 1980 e iniciou sua operação comercial em 1985.

Atualmente, opera uma linha de trens urbanos com extensão de 43,8 quilômetros, no eixo norte da Região Metropolitana de Porto Alegre, com 22 estações e uma frota de 25 trens (com outros 15 trens sendo integrados), atendendo a seis municípios: Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. Trensurb com organigrama inchado. Com deficit anual de R$ 100 milhões. Com incorporações ilegais. R$ 6 milhões anuais em horas extras. Compra de trens desnecessária. Enfim, um grande número de anomalias. E recebe nota máxima em governança!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui