Porto Alegre terá mais 650 patinetes elétricos compartilhados a partir de sábado

255
jet porto alegre
Foto: Mateus Raugust/PMPA
Publicidade

A partir deste sábado, 6, os porto-alegrenses podem contar com mais uma opção de mobilidade sustentável para seus deslocamentos. Após autorização da prefeitura, cerca de 650 patinetes azuis da empresa JET estarão à disposição com aproximadamente 120 estações digitais na região do Centro Histórico, além dos bairros Praia de Belas, Menino Deus e Cristal. Com a entrada da empresa do Cazaquistão, Porto Alegre passa a contar com três operadoras autorizadas a explorar o compartilhamento de patinetes, sem estação física, por meio de aplicativo. As empresas Whoosh e Adventure também oferecem o serviço.

Na manhã de sexta-feira, o prefeito Sebastião Melo e o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, vistoriaram a operação junto ao Terminal Parobé, que passou por recente revitalização. No local, onde diariamente cerca de 64 mil passageiros utilizam 38 linhas do transporte coletivo, os usuários podem retirar os patinetes para complementar o último trecho de seus deslocamentos.

“Uma boa mobilidade humana na cidade requer que tenhamos recursos para os diferentes tipos de deslocamento. O patinete é parte disso. É uma forma de complementarmos o sistema de micromobilidade da Capital, oferecendo uma boa opção para o porto-alegrense executar trajetos mais curtos”, disse o prefeito Sebastião Melo.

Publicidade

“A chegada de mais uma operação de patinetes compartilhados, com estações virtuais junto aos terminais de ônibus, faz parte do nosso projeto de qualificação urbana de Porto Alegre e reforça a micromobilidade como uma complementação para o sistema de transporte da cidade. É importante que os usuários tenham especial atenção ao uso adequado dos equipamentos para garantir a segurança viária”, destacou o secretário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre, Adão de Castro Júnior.

A operação está de acordo com as normas da Resolução nº 996/2023 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que permite circulação com velocidade de até 20 km/h em ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, e máxima de 6 km/h em áreas de circulação de pedestres. Em acordo com a prefeitura, na Orla do Guaíba o limite será de 10 km/h.

Para mais informações, acesse o site JET e faça o download do aplicativo no telefone celular, pela Apple Store ou Google Play. É possível entrar em contato com o suporte da empresa via app, além do contato por e-mailTelegramInstagram e WhatsApp.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui