Prefeitura de Porto Alegre autoriza realização de testes para agilizar pagamento do transporte coletivo

680
Foto: César Lopes/Prefeitura de Porto Alegre
Publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMMU) e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), autorizou a Associação de Transportadores de Passageiros (ATP) a realizar testes para agilizar o pagamento dos passageiros no transporte coletivo. Após o início da retirada de cobradores dos veículos, o Executivo Municipal solicitou aos consórcios medidas para facilitar os pagamentos.

A ação iniciou na linha 345 Santa Catarina, onde os usuários que pagam em dinheiro recebem um QR Code em papel para deixar mais rápida a passagem na roleta. O uso é restrito no veículo. “A Prefeitura de Porto Alegre determinou que, com a retirada gradual de cobradores, deveria ser aprimorada a forma de pagamento da passagem. Condicionamos, inclusive, a implantação de novas tecnologias à retirada de cobradores em mais linhas de transporte coletivo”, explica o secretário de mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

A SMMU e EPTC vão acompanhar os testes e avaliar a viabilidade de projeto antes de sua ampliação para demais linhas. Está em estudo a venda do QR Code em papel nos postos do TRI ou online, via aplicativo, por meio do celular. Além de ser mais uma alternativa para facilitar o acesso das pessoas ao transporte coletivo, o uso do QR Code deverá diminuir o dinheiro a bordo, trazendo mais segurança para passageiros e tripulação.

Publicidade

Como funciona

O motorista recebe o dinheiro do passageiro, imprime um Qr Code, entrega ao usuário que aproxima o código da catraca, liberando a roleta.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui