Implosão de prédio da Secretaria de Segurança Pública afetará trânsito e serviços na região central de Porto Alegre

794
Prédio SSP
Foto: Giulian Serafim/Prefeitura de Porto Alegre
Publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre está mobilizada em diferentes frentes para apoiar o governo estadual na operação de implosão do prédio da antiga sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), marcada para ocorrer neste domingo, 6 de março de 2022, às 9h. A área será evacuada em um raio de 300 metros, com impacto temporário na mobilidade urbana. A estrutura do prédio localizado na Rua Voluntários da Pátria foi colapsada após incêndio em 14 de julho de 2021.

No sábado, a partir das 18h, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) irá isolar as áreas de estacionamento das ruas Garibaldi, Santo Antônio, Ernesto Alves, Comendador Coruja e Pelotas, entre a Avenida Farrapos e Rua Voluntários da Pátria. Na manhã de domingo, a partir das 7h haverá bloqueio total da área.

Além da EPTC e Secretaria Municipal de Segurança (SMSEG), demais órgãos da administração municipal integram a força-tarefa. Embora a limpeza da área esteja a cargo da empresa contratada pelo Estado, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) estará mobilizado para contribuir, caso seja acionado. “Uma força-tarefa foi montada pela prefeitura para darmos o suporte necessário ao Estado para que a operação ocorra com segurança conforme o planejado”, destaca o secretário Municipal de Segurança, Mário Ikeda.

Publicidade

Enquanto a Defesa Civil Municipal segue auxiliando na comunicação de moradores para evacuarem o espaço delimitado, equipes da Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC) também ajudam na retirada de moradores em situação de rua da região para garantir a segurança de todos e seguirão de plantão com equipes de acolhimento no local. Como o Restaurante Popular Centro, localizado na Rua Garibaldi, estará fechado, o serviço será ofertado no Centro de Eventos Barros Cassal (Igreja Pompeia, Rua Barros Cassal, 220)

Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estarão de prontidão. Como o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) possui uma galeria pluvial e redes de água na região, equipes estarão à postos para monitorar a operação. No local, o Gabinete da Causa Animal também trabalhou e seguirá atuando no resgate de animais em situação de risco no terreno da SSP.

Rodoviária e Trensurb

No domingo, a Estação Rodoviária estará fechada e os ônibus vão operar no Terminal Conceição, da Metroplan, entre as avenidas Alberto Bins e Farrapos, embaixo do viaduto. Também serão fechadas as estações Mercado, Rodoviária e São Pedro, do Trensurb. A EPTC vai disponibilizar ônibus para o deslocamento dos passageiros da estação Farrapos até a estação Mercado.

Trânsito

Os agentes de fiscalização e a central de videomonitoramento e controle da mobilidade da EPTC vão monitorar e orientar a circulação para garantir a segurança viária e minimizar os impactos no trânsito. As informações serão atualizadas, em tempo real, pelo Twitter @EPTC_POA. A liberação dos trechos está prevista para às 12h do domingo.

O gerente de Fiscalização de Trânsito da EPTC, Leandro Coelho, reforça alerta para os cidadãos evitarem o deslocamento na região, uma vez que o bloqueio das vias começará no sábado. “Para segurança da população e o bom andamento da operação a EPTC orienta que a população evite o local. A imprensa será credenciada para transmitir as imagens da implosão em local adequado e seguro”, reforça Coelho.

A Avenida Castelo Branco, principal ligação da capital com o interior, vai estar bloqueada nos dois sentidos a partir das 8h, entre a Rodoviária e o vão móvel da ponte do Guaíba. As avenidas Farrapos e Sertório são as principais alternativas de deslocamento.

Os condutores que trafegam a partir do Túnel da Conceição, sentido Centro, que desejarem acessar a Zona Norte, serão direcionados para a Avenida Mauá, onde poderão fazer o desvio pela Rua Coronel Vicente, Avenida Júlio de Castilhos, Rua da Conceição e seguir pela Avenida Farrapos. No entanto, a melhor opção é evitar o túnel ao acessar a Rua Garibaldi, a partir da Osvaldo Aranha.

Os motoristas que chegam pela ponte do vão móvel serão direcionados para a Avenida Sertório ou para a Freeway (BR-290), sentido Interior, e a BR-448. Os condutores que trafegam pela Freeway em direção à capital serão direcionados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para a Avenida João Moreira Maciel e em seguida para a Rua Voluntários da Pátria em direção ao Centro.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui