Força Aérea Brasileira utiliza drones para apoiar em resgate no Rio Grande do Sul

134
O modelo de drone utilizado é um RQ-900 Hermes, fabricado pela empresa israelense Elbit Systems - Foto: Sgt Rezende/Agência Força Aérea
Publicidade

No domingo (5), a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciou o uso de um Drone Remotamente Pilotado (ARP) para auxiliar na localização e identificação de vítimas dos temporais no Rio Grande do Sul.

Os sobrevoos estão sendo realizados na região da Quarta Colônia, que abrange nove municípios da Região Central do estado. A FAB orienta as pessoas em situação de risco a sinalizar ou fazer marcas em superfícies ao ouvirem ou avistarem a aeronave, para facilitar a identificação e o envio do apoio.

O modelo de drone em uso é o RQ-900 Hermes, fabricado pela empresa israelense Elbit Systems e pertencente à Base Aérea de Santa Maria (BASM). Este aparelho possibilita análises em tempo real e com alta precisão das áreas afetadas.

Publicidade

As fortes chuvas no estado iniciaram na última semana de abril, impactando 332 dos 496 municípios gaúchos e afetando cerca de 707,1 mil pessoas.

Os meteorologistas explicam que a catástrofe resulta de pelo menos três fenômenos climáticos, agravados pelas mudanças no clima.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui