Prefeitura de Canoas envia para votação projeto que evita aumento da tarifa de ônibus

664
Ônibus verde
Foto: Arquivo/Tony Capellão/Prefeitura de Canoas
Publicidade

Com o preço do diesel aumentando consideravelmente e para impedir que os canoenses sofram as consequências dos efeitos de conflitos internacionais e da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Canoas encaminhou para a Câmara Municipal um projeto de lei que vai custear a continuação da 2ª passagem gratuita (integração tarifária), além da gratuidade dos serviços para pessoas idosas e/ou deficientes e a manutenção do desconto de 50% nas passagens escolares.

O objetivo do projeto, que deve ser votado na próxima terça-feira (31/05), é a manutenção do valor da passagem em R$ 4,80. O secretário adjunto de transportes, Lucas Lacerda, destaca que a diferença é o custo no cálculo tarifário, que será custeado pela Prefeitura.

“Para evitar o aumento no bilhete do transporte, será pago a integralidade da segunda passagem de integração. Por exemplo: a pessoa vai pagar a primeira passagem e em um intervalo de 90 minutos, ela pode fazer gratuitamente, outra viagem. Hoje essa segunda viagem entraria no cálculo tarifário da empresa, o que representaria mais gastos na rodagem e manutenção dos veículos, impactando no valor da tarifa. Não entrará mais, essa diferença será arcada pela Prefeitura. O mesmo acontece com a passagem dos estudantes que até agora pagam R$ 2,40 de passagem e o restante também entra no cálculo da tarifa. A partir deste projeto, não entraria mais, pois essa outra metade será custeada pela Prefeitura”, destacou.

Publicidade

Para evitar que o reajuste seja repassado para a população, buscou-se alternativas para que os canoenses não sejam ainda mais afetados neste momento de instabilidade econômica. Para isso o projeto prevê a criação de um custeio aos valores adicionais do serviço de transporte público de Canoas, mantendo assim o preço da passagem de ônibus sem aumento este ano.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui