Canoas: Nova sinalização reduz velocidade para 50 km/h na Avenida Rio Grande do Sul

1404
Foto: Gustavo Garbino
Publicidade

Em função da obra de recapeamento da Avenida Rio Grande do Sul, no bairro Mathias Velho, foi refeito também todo o projeto de sinalização viária pela Secretaria de Transportes e Mobilidade. Com 98% do trecho concluído, incluindo a nova pavimentação, atualmente, está em andamento a conclusão da sinalização horizontal com a pintura de faixas de segurança, divisão de pistas, instalação de quebra-molas e rampas de acessibilidade. Coordenado pela Secretaria de Obras, já foi concluída a sinalização vertical, com a colocação de novas placas.

O novo projeto de sinalização foi pensado para diminuir a velocidade da via – em trechos onde era permitido 60 km/h, foi reduzido para 50 km/h, e em frente de escolas, para 30 km/h. “Também serão mantidas as lombadas, que ainda estão sendo instaladas”, explica a secretária adjunta de Transportes e Mobilidade, Letícia Corrêa.

Os pontos críticos de travessia dos pedestres também foram pensados com atenção, como a descida do viaduto no início da Rio Grande do Sul, onde a sinalização visa diminuir a distância de travessia dos pedestres. Paralelo a isto, as equipes de Fiscalização de Trânsito estão fazendo rondas diárias na região.

Publicidade

“Já que é considerada uma via com grande volume de fluxo, mantivemos os quebra-molas e reduzimos a velocidade nos lugares mais críticos, como próximo de escolas. Foi uma medida para diminuir o risco de acidentes, mas sem interferir na mobilidade da região”, informa Letícia.

Veja como ficará a sinalização viária na Avenida Rio Grande do Sul:

  • 30 faixas de segurança;
  • 5 quebra-molas;
  • 9 semáforos em cruzamento (foram mantidos);
  • 185 placas de sinalização (regulamentação e advertência);
  • 2713,8 m² de pintura (eixos, faixas de pedestre e lombadas);
  • 441 tachões;
  • 225 rebaixos de meio-fio (rampas de acessibilidade).
Foto: Gustavo Garbino

Asfaltaço

A recuperação da Avenida Rio Grande do Sul faz parte do programa Asfaltaço, que tem como objetivo pavimentar e recuperar 100% das vias de Canoas. A avenida teve a recuperação de 4.871 metros de asfalto, entre as ruas São Sepé e Cruz Alta. Foram investidos um total de R$ 6,694 milhões no local. A obra incluiu a reperfilagem, fresagem e a recomposição da camada de revestimento asfáltico, além da revitalização da sinalização viária.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui