Prefeitura de Porto Alegre desobriga uso de máscaras em locais abertos

508
Foto de Anna Shvets por Pexels.com
Publicidade

O uso de máscaras em ambientes abertos públicos e privados não será mais obrigatório em Porto Alegre. A decisão foi tomada nesta sexta-feira, 11 de março de 2022, em reunião do prefeito Sebastião Melo e vice-prefeito Ricardo Gomes, com a equipe de governo após avaliação das contribuições de representantes de universidades.

O decreto municipal 21.413 foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) com os detalhes sobre a desobrigatoriedade. As máscaras seguem obrigatórias em locais fechados. Uma nova reunião será realizada na próxima sexta-feira, 18 de março, para avaliar o cenário epidemiológico e discutir novas flexibilizações.

“Esta é uma decisão sem demagogia e ideologia baseada em dados científicos. Porto Alegre disse sim à vacina e por isso chegamos a este momento de maior segurança sanitária”, disse o prefeito Sebastião Melo.

Publicidade

Porto Alegre tem 85% da população vacinável – maiores de 5 anos – com esquema vacinal completo, além de apresentar queda nos índices de contaminação e internação hospitalar. A medida também considerou a opinião de especialistas ouvidos na quinta-feira, 10 de março, em um debate técnico promovido pela Prefeitura.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), houve redução de casos confirmados pela sexta semana epidemiológica consecutiva, com níveis equivalentes a abril de 2021 e setembro de 2020. A região 10, composta por Porto Alegre, Cachoeirinha, Alvorada, Gravataí, Viamão e Glorinha, apresenta a menor taxa de contaminação acumulada em sete dias, com 160 casos. A média do Estado é de 300.

O secretário extraordinário de Enfrentamento ao Covid-19, César Sulzbach, ressalta a importância da vacinação e o uso de máscaras, mesmo em locais ao ar livre, para pessoas não imunizadas e imunocomprometidas.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui