Trensurb completa 42 anos na segunda-feira, dia 25

354
Trens acoplados
Foto: Wellington Marques/Trensurb
Publicidade

Em 2 de março de 1985, ocorreu a cerimônia de inauguração do metrô operado pela Trensurb e, dois dias depois, o início da operação comercial com a abertura do sistema ao público em geral. A empresa, porém, foi fundada cerca de cinco anos antes, em 25 de abril de 1980. O Governo Federal autorizou a criação da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. – Trensurb por meio do Decreto Federal nº 84.640, de 17 de abril de 1980.

O documento deu permissão à Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA) para constituir, então como sua subsidiária, a Trensurb, com a “finalidade de implantar e operar serviço de trens urbanos na Região Metropolitana de Porto Alegre” e capital social, à época, de Cr$ 6,8 bilhões. A empresa, então, foi formalmente criada em assembleia geral de constituição no dia 25 de abril.

“Neste ano, estamos comemorando 42 anos da criação da empresa, que, após cinco anos de estruturação, iniciou a operação. É importante ressaltar que, nesse período, a empresa transportou 1,5 bilhão de passageiros nas condições que operamos: transporte elétrico não poluente, aliviando o fluxo nas vias e na BR, oferecendo um serviço rápido, eficiente, pontual e seguro aos passageiros”, afirma o diretor-presidente da Trensurb, Pedro Bisch Neto.

Publicidade
Foto: Arquivo/Trensurb

Constituição da empresa

Realizada em 25 de abril de 1980, a assembleia geral de constituição da Trensurb foi presidida pelo então presidente da Rede Ferroviária, Carlos Aloysio Weber. Contou com representantes da própria RFFSA, Empresa Brasileira de Transportes Urbanos, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes e dos novos integrantes da Diretoria Executiva e conselhos de Administração e Fiscal da Trensurb, incluindo o primeiro diretor-presidente da empresa, Paulo Muratore.

Na ocasião, foi aprovado o primeiro estatuto social da Trensurb e, a seguir, foi realizada a primeira reunião do Conselho de Administração, que homologou a posse da Diretoria Executiva. Tanto o Decreto nº 84.640, de 17 de abril de 1980, quanto a ata da assembleia geral de constituição da empresa podem ser acessados no site da Trensurb.

História

A Trensurb começou a ser idealizada a partir de 1976, através de estudos desenvolvidos pelo Grupo Executivo de Integração da Políticas de Transportes da Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes, que justificou o projeto pela redução do fluxo de veículos na BR-116, já saturada à época, e pela oferta à população dos municípios de Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo de uma alternativa de transporte com baixo custo e com maior rapidez, segurança, conforto e capaz de absorver uma demanda inicialmente prevista na casa dos 300 mil passageiros por dia.

Entre 1980 e 1985, foram realizadas as obras de implantação do sistema. Em 1984, desembarcaram, em Porto Alegre, os 25 trens unidades elétricas, adquiridos do Japão. Em março de 1985, foi inaugurado o primeiro trecho, com 27 quilômetros de extensão e 15 estações, ligando Porto Alegre a Sapucaia do Sul e cruzando os municípios de Canoas e Esteio.

Em 1997, a Trensurb chegou à cidade de São Leopoldo, com a inauguração da Estação Unisinos, e, em 2000, foi aberta a Estação São Leopoldo. Em julho de 2012, começaram a operar comercialmente mais duas estações: Rio dos Sinos, também em São Leopoldo, e Santo Afonso, em Novo Hamburgo. Em maio de 2014, iniciou-se a operação comercial em outras três estações no município hamburguense: Industrial, Fenac e Novo Hamburgo. Assim, a linha alcançou uma extensão de 43,8 quilômetros.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui