Satisfação com transporte coletivo na capital atinge meta de 2024

181
Foto: Jefferson Bernardes/PMPA
Publicidade

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) divulgam o resultado da pesquisa de satisfação do transporte coletivo do Programa QualiÔnibus que, pelo segundo ano consecutivo, manteve a meta antecipada prevista para 2024. Os indicadores – de 10 de novembro a 13 de dezembro de 2023 – mostram que o transporte coletivo de Porto Alegre teve índice de satisfação geral de 5,9. Isso representa mais do que a meta projetada para 2024 (5,7) e acima da meta prevista para o ano passado (5,5).

O secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, destaca a importância desta avaliação para qualificar o serviço de transporte coletivo por ônibus. “Conhecer o nível de satisfação do usuário e identificar onde ainda precisamos melhorar faz parte das ações do Programa Mais Transporte e é fundamental para entregar um serviço de maior qualidade para a população”, enfatiza.

O dado resulta de pesquisa realizada com 1.593 entrevistas, dentro das atividades propostas pelo Grupo de Benchmarking QualiÔnibus, programa que visa atrair e manter clientes no sistema, a partir da análise dos indicadores sob o ponto de vista dos usuários. Além de perguntas sobre a satisfação com 16 fatores da qualidade, a pesquisa também traz questionamentos sobre o perfil dos clientes, uso do transporte e questões de concordância.

Publicidade

Quanto ao perfil dos entrevistados do transporte público, a maioria dos clientes se identifica como mulheres (63,1%), enquanto 59% se identificam como brancos e 39% se identificam como pretos ou pardos. Além disso, 65% dos clientes possuem renda familiar de até dois salários mínimos.

Quanto ao uso, 70% viajam de ônibus cinco ou mais vezes por semana e 28% não poderiam utilizar nenhum outro modo de transporte para se deslocar. 75% dos clientes utilizam o ônibus para ir ao trabalho, enquanto a principal alternativa ao transporte coletivo, para 48%, é o transporte por aplicativo.

Entre as questões que tiveram maior concordância dos entrevistados, 84% dos clientes são a favor da implantação de ônibus elétricos e 70% afirmam que podem confiar no ônibus para seus deslocamentos. Mais de 70% concordam que andar de ônibus contribui para sua qualidade de vida e 56% admitem que o transporte coletivo enfrenta muito congestionamento.

Os fatores da qualidade com maior satisfação identificados pelos entrevistados são o atendimento ao cliente (7,3), a forma de pagamento e recarga da passagem (7,1), e o acesso ao transporte (6,6).

Em relação ao conforto das paradas de ônibus, 37% utilizam os novos abrigos e 93,3% concordam que eles são mais confortáveis e mais iluminados (95%). Cerca de 85% dos clientes não sabem que a exploração publicitária dos painéis conhecidos como Mobiliário Urbano Para Informação (Mupi) é usada para custear a instalação e manutenção dos novos abrigos de ônibus.

O nível de satisfação quanto ao valor da tarifa em relação à distância percorrida nos ônibus teve aumento de 4,9 para 5,6 em 2023, em comparação ao ano anterior. A percepção também aumentou quanto ao valor da tarifa em relação à qualidade do serviço, de 4,7 para 5,3 e de 4,3 para 5,2 em relação ao próprio custo da tarifa para o passageiro.

Quanto ao conforto dos terminais de ônibus, a nota foi de 6,7 para a facilidade de circular e 5,5 para o estado de conservação. No entanto, quanto à existência de informação sobre linhas, horários e itinerários a nota foi de apenas 3,9.

Programa QualiÔnibus 

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da EPTC, participa desde 2019 do Grupo de Benchmarking QualiÔnibus para qualificar o serviço de transporte coletivo por ônibus. Desenvolvido pelo WRI Brasil com o apoio financeiro e conceitual da FedEx Corporation, o programa visa atrair e manter clientes do sistema, melhorar a mobilidade e tornar mais sustentável o transporte nas cidades.

O grupo utiliza como principais ferramentas o levantamento de indicadores de qualidade e a pesquisa de satisfação dos usuários para gerar avaliações precisas que vão orientar o planejamento de melhorias mais efetivas por parte da empresa operadora e da administração municipal. O processo facilita a replicação dessas ações em diferentes sistemas de transporte e torna mais efetiva a busca por soluções para o transporte coletivo.

Mais Transporte 

A Prefeitura implantou, em 2022, o Programa Mais Transporte com o objetivo de qualificar o serviço de transporte público prestado aos usuários, com maior eficiência operacional e transparência das informações e dados do Sistema Municipal de Transporte Público e de Circulação (SMTPC) do Município de Porto Alegre.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui