Prefeitura de Porto Alegre amplia sistema de transporte coletivo em 237 viagens

787
Foto: Alex Rocha/PMP
Publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMMU) e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), anunciou mais uma etapa do programa de reestruturação Mais Transporte. Serão 237 viagens a mais em 22 linhas de transporte coletivo da capital, a partir desta segunda-feira, 1º de agosto de 2022.

As linhas terão ajustes de tabela horária e aumento de oferta, o que melhora a frequência do atendimento em toda a tabela, principalmente nas faixas do pico da manhã e tarde. Com essa qualificação, o sistema passa contar com 1.592 viagens a mais desde o início da implantação do programa.

A 11ª etapa de ampliação faz parte de um conjunto de medidas a fim de melhorar o serviço para a população. “A análise que a nossa equipe técnica faz é diária, sempre com o foco no atendimento ao passageiro. Esta é apenas mais uma etapa, ainda temos novos incrementos previstos para seguir qualificando o serviço”, destaca o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

Publicidade

Ampliações a partir desta segunda-feira, dia 1º:

  • Linha 346 – São José terá mais cinco viagens por sentido;
  • Linha 347 – Alameda terá mais cinco viagens por sentido;
  • Linha 375 – Agronomia/Informática terá mais seis viagens por sentido;
  • Linha 441 – Antônio de Carvalho terá mais oito viagens por sentido;
  • Linha 492 – Petrópolis/Sesc terá mais nove viagens por sentido;
  • Linha 394.4 – Mapa via Parada 4 terá 19 viagens, sendo nove no sentido bairro ao Centro e dez no sentido Centro ao bairro.
  • Linha 361 – Cefer terá mais sete viagens por sentido;
  • Linha A348 – Alimentadora Jardim Bento Gonçalves terá mais 12 viagens;
  • Linha A360 – Alimentadora Jardim Ipê terá mais 11 viagens;
  • Linha 621 – Nova Gleba/Santa Rosa terá mais seis viagens, sendo três viagens por sentido;
  • Linha 631 – Parque dos Maias terá mais oito viagens, quatro viagens por sentido;
  • Linha B25 – Arroio Feijó/Humaitá terá mais dez viagens;
  • Linha B55 – Protásio/Humaitá terá mais três viagens;
  • Linha 173 – Camaquã terá mais 16 viagens, sendo oito viagens por sentido;
  • Linha 176 – Serraria/Rodoviária será reativada e vai operar com 28 viagens, sendo 14 viagens por sentido;
  • Linha 179.5 – Serraria/Guaíba/Diário será reativada e vai operar com quatro viagens, sendo duas viagens por sentido;
  • Linha 216 – Restinga/Glória terá mais três viagens, sendo uma no sentido bairro-terminal e duas no terminal-bairro;
  • Linha 270.1 – Grutinha/via Amapá terá mais 15 viagens, sendo uma no bairro ao Centro e sete no Centro ao bairro;
  • Linha A19 – Hospital Restinga terá mais 20 viagens, sendo dez no bairro-terminal e dez no terminal-bairro;
  • Linha R4 – Rápida/Restinga Velha terá mais duas viagens, sendo uma no bairro ao Centro e uma no Centro ao bairro;
  • Linha A15 – Escola Técnica Restinga/Hospital terá mais três viagens;
  • Linha A69 – Alimentadora Canta Galo/Belém Novo será reativada em dias úteis, e terá quatro viagens, sendo uma no bairro-terminal e três no terminal-bairro;

Linhas com alterações na tabela para adequação de operação:

Linhas A09, A11, A18 e A74.

Linhas sem cobrador:

Outras 20 linhas de transporte coletivo estão autorizadas a circular sem cobrador. A liberação foi publicada no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) de sexta-feira, 29 de julho. Com isso, a redução chega a 20% do quadro de cobradores – a previsão é atingir 25% até o fim deste ano.

A prefeitura assinou em junho com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat) protocolo de intenções de incentivo à qualificação dos profissionais do transporte coletivo. O Sest Senat tem mais de 250 cursos de Educação à Distância e mais de 500 presenciais em toda a área do transporte e mobilidade logística.

Entre as atividades oferecidas estão: curso para preparar motoristas para movimentação operacional de produtos perigosos (MOPP), Curso de Carga Indivisível, qualificação de motoristas e qualificação profissional para cobrador. Este último tem como objetivo qualificar, gratuitamente, cobradores de ônibus que desejam trabalhar como motoristas profissionais.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui