Ônibus já passaram por mais de 13 mil fiscalizações para prevenção ao coronavírus

Desde o início da pandemia do coronavírus em Porto Alegre, os agentes de fiscalização da Empresa Pública de Transporte e Circulação desempenham uma série de ações para garantir a segurança dos passageiros dos coletivos.

De 18 de março até 18 de junho, as equipes já realizaram um total de 13.035 fiscalizações em ônibus intermunicipais, municipais, terminais e garagens das empresas, para verificar a higienização e o cumprimento das medidas de prevenção e combate à Covid-19. Já no transporte individual (lotações e táxis), durante o mesmo período, foram fiscalizados 6.208 veículos, e destes, 38 foram autuados.

Nesses três primeiros meses, 6.860 veículos passaram por fiscalizações no sistema de transporte por ônibus municipais. Nesse mesmo período, houve 768 autuações por descumprimento de tabela horária. Em relação às medidas de prevenção, 92 veículos foram autuados por falta de uso de máscaras de proteção por ocupantes e 95, por excesso de passageiros.

Segundo o decreto 20.549 da Prefeitura de Porto Alegre, a máscara é obrigatória tanto para os usuários quanto para a tripulação, e a capacidade permitida para cada ônibus é de todos os assentos ocupados e dez pessoas em pé, para carros comuns, e 15 para os articulados.

Proteção

O trabalho dos agentes durante a pandemia da Covid-19 visa, além de assegurar a proteção dos passageiros, prevenir a disseminação do vírus para aqueles que precisam sair de casa. “Estamos atentos, e nosso trabalho é diário para manter o transporte coletivo como um ambiente seguro para as pessoas. Se pensarmos que foram realizadas mais de 227 mil viagens, podemos afirmar que o descumprimento ocorre em situações pontuais”, enfatiza o diretor de Operações, Paulo Ramires.

“Com essas operações, conseguimos apurar o que precisa ser ajustado para oferecer um serviço melhor à população. Precisamos da colaboração de todos para evitarmos ao máximo o contágio pelo novo coronavírus e superarmos a pandemia sem maiores danos. Por isso, quem pode ficar em casa deve seguir com o isolamento social” , secretário municipal extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Mata Tortoriello.

A Prefeitura de Porto Alegre analisa diariamente a demanda e oferta do transporte coletivo da capital gaúcha para realizar os ajustes necessários nas tabelas, com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço para a população. Denúncias sobre descumprimento das medidas, falta de viagens ou sugestões devem ser encaminhadas pelo telefone 118. Os relatos dos cidadãos colaboram para a otimização do trabalho das equipes de fiscalização.

Mobilidade Porto Alegre

A redação do Mobilidade Porto Alegre é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Porto Alegre e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadeportoalegre.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.