Obras da trincheira da Avenida Ceará estão na fase final

19
Obras da Trincheira da Avenida Ceará
Foto: Luciano Lanes/Prefeitura de Porto Alegre
Publicidade

Uma das mais importantes obras de mobilidade urbana para Porto Alegre, a trincheira da Avenida Ceará, na Zona Norte da capital gaúcha, está em fase final de execução, com mais de 96% das obras concluída.

Entre os serviços realizados no momento estão a pavimentação em concreto e a construção da edificação que abrigará a Casa de Bombas.

O secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen, o secretário adjunto de Planejamento e Gestão, Daniel Rigon, e o diretor da Conpasul (empresa integrante do consórcio responsável), Olivar Basso, realizaram visita de vistoria no local na manhã desta sexta-feira, dia 28 de junho.

Publicidade

De acordo com Marcelo Gazen, uma equipe de 20 pessoas está trabalhando em ajustes finais dentro da trincheira como execução de drenos, recomposição de paredes e tamponamento de infiltrações.

“Na etapa atual, além da pavimentação e do prédio da Casa de Bombas, também estão sendo instalados os new jersey (barreiras de segurança em concreto)”, destaca.

O secretário explica que, após esses serviços, a última etapa será a instalação dos equipamentos da Casa de Bombas, da iluminação e das telas de proteção e embelezamento nas paredes da trincheira.

Com valor inicial projetado de R$ 29,5 milhões, as obras atualmente tem investimento de R$ 39,37 milhões. O secretário Daniel Rigon informa que há R$ 600 mil pendentes de pagamentos antigos à empresa e R$ 190 mil provenientes da última medição, que devem ser quitados até o meio do próximo mês.

“A parte de engenharia da prefeitura está conferindo todos os boletins de obra. São pendências muito antigas que precisamos sanar. Recebemos a obra tecnicamente com problema e financeiramente quebrada, mas finalmente estamos entrando em um ritmo normal de medição e pagamento, o que possibilita um bom andamento nessa fase final”, ressalta.

Sobre a estimativa de conclusão da obra, o diretor da Conpasul entende que, mesmo com clima desfavorável nos últimos meses (maio registrou 20 dias de chuva), em outubro a obra deve ser entregue.

“A prefeitura está resolvendo algumas questões que estavam pendentes. Tivemos algumas questões técnicas com a Casa de Bombas, com um acesso próximo ao aeroporto e com uma concordância na pista que também estão sanadas. Na parte financeira, o município está fazendo um grande esforço e nos últimos dias avançou bastante. Então, ainda que a chuva atrapalhe, está dentro da estimativa e acreditamos que não vá comprometer”, projeta.

A obra da trincheira da Avenida Ceará foi retomada em março de 2018. A trincheira tem 300 metros de extensão, largura aproximada de 9,50 metros e contém três faixas viárias.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui