Melhorias na sinalização viária da Cidade Baixa têm início na Rua Olavo Bilac

313
Foto: Aline Rimolo/EPTC/PMPA
Publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Empresa Pública de Transporte e Circulação, começou nesta segunda-feira, 6 de fevereiro, a implantar melhorias na sinalização viária do bairro Cidade Baixa. Os trabalhos, que incluem sinalização para respeito de velocidade de 30 km/h, instalação de novas placas e implantação de faixa de segurança iniciaram-se pela Rua Olavo Bilac, entre as ruas Vieira de Castro e Santana e devem seguir até a Olavo Bilac esquina com a Érico Veríssimo. As intervenções que visam a dar mais segurança viária para a região atendem a uma solicitação dos moradores. 

O diretor-presidente da EPTC, Paulo Ramires, acompanhou o começo dos trabalhos nesta manhã. “Os reforços que faremos na sinalização visam a conscientizar os motoristas sobre a importância de circular em baixa velocidade nesta área da Cidade Baixa. Além da preocupação com a segurança viária, a implantação da ciclorrota faz parte do projeto de conexão da malha cicloviária existente”, destaca. Para a sinalização do asfalto serão usados materiais com uma durabilidade entre seis meses e cinco anos. 

No total serão implantados aproximadamente dois quilômetros de ciclorrota, espaço compartilhado entre veículos e bicicleta que consiste na sinalização do asfalto que indica que a rota é recomendada para ciclistas e compartilhada com veículos. As ciclorrotas fazem conexões com vias importantes na região como Érico Veríssimo, José do Patrocínio e João Alfredo. Toda implantação deverá ser realizada ao longo de  fevereiro. 

Publicidade

Ramires reforçou ainda que a característica das três ruas permite a implantação de ciclorrota. “A Olavo Bilac, Lobo da Costa e Luiz Afonso são ruas em que é possível a circulação de carros e bicicletas compartilhando o mesmo espaço, pois a redução de velocidade propicia maior segurança aos ciclistas”, afirma. 

Intervenções

  • Olavo Bilac – A via irá receber 900 metros de ciclorrota, desde a Rua Vieira de Castro fazendo conexão com a ciclovia da Av. Érico Veríssimo. Além disso, será feito o reforço da sinalização vertical e horizontal (pintura no asfalto) de 30 km/h, com o foco em dar mais segurança para quem circula a pé.
  • Luiz Afonso – A via receberá 700 metros ciclorrota, partindo da Av. João Pessoa, cruzando com a ciclovia da Rua José do Patrocínio e interligando com a Rua João Alfredo. A via receberá placas novas de 30 km/h reforçando a regulamentação da via que prevê velocidade reduzida e ampliação da segurança dos pedestres.
  • Lobo da Costa – A via receberá 360 metros de ciclorrota com reforço de sinalização para a velocidade de 30 km/h. 

Plano de segurança viária sustentável

Lançado em novembro de 2022, ele estabelece diretrizes de planejamento e gestão da segurança viária, com estabelecimento de metas para reduzir a acidentalidade no trânsito e segue os propósitos de desenvolvimento sustentável definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em sua agenda 2030.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui