Ciclorrota com 50 km liga o Centro ao Morro Itacolomi em Gravataí

1409
Ciclorrota Gravataí
Foto: Douglas Rosa/Prefeitura de Gravataí
Publicidade

Gravataí agora conta com cerca de 50 km de ciclorrota. Na última semana, placas com orientações e QR Code com a rota foram instaladas por todo o percurso, que vai do Centro ao Morro Itacolomi. As ciclorrotas são trechos em que bicicletas e veículos motorizados trafegam juntos, em vias com sinalização que indica a presença de ciclos. O sistema não utiliza faixas exclusivas, pontos segregados ou zonas de segurança, como nas ciclovias e ciclofaixas, apenas placas de sinalização e pictogramas no solo.

“Vamos transformar Gravataí na capital das bikes. Teremos várias vias novas e restauradas com espaço compartilhado. Temos imenso potencial em todo território, profissionais do ramo e milhares de adeptos pra sonhar com isto”, destaca o prefeito Luiz Zaffalon.

O Secretário Municipal de Mobilidade Urbana, Guilherme Ósio, destacou que a ciclorrota já tem sido muito utilizada por ciclistas da cidade. “Com o QR Code a rota é lançada no aplicativo Strava, muito utilizado por grupos de pedalada para acompanhar o percurso, o que faz com que os ciclistas consigam observar o destino”, contou.

Publicidade

As placas de sinalização da ciclorrota passam pelas vias:

  • Avenida José Loureiro da Silva
  • Avenida Jorge Amado
  • Estrada do Itacolomi
  • Estrada Municipal
  • Travessa João Bibiano Marcos
  • Travessa Floriano Pacheco
  • Estrada Preciso Cardoso de Lima
  • Estrada Geral do Morro Agudo
  • Estrada Dionísio Cardoso de Lima
  • Travessa Marcos Wolff
  • Estrada Abílio Pedro Bitello
  • Estrada Alto Peru
  • Estrada Fazenda Conceição
  • Estrada Pedro Scherer
  • Estrada Morungava-Vira Machado
  • RS-020
  • Estrada Fazenda Timbaúva
  • Estrada Madorim
  • Estrada Rincão da Madalena
  • Avenida Lino Estácio dos Santos
  • Rua Prefeito Ary Tubbs
  • Dorival Cândido Luz de Oliveira

Ciclorrota

As ciclorrotas representam os melhores caminhos para se trafegar em bicicleta. Costumam ser sinalizadas em caminhos e vias que já existem e já são utilizados por ciclistas mais experientes, que conheciam bem as ruas dos bairros. A sinalização atua tanto para indicar aos ciclistas quais as melhores ruas para se utilizar, quanto para torná-las ainda mais seguras, diminuindo a velocidade dos automóveis e estimulando o compartilhamento das vias.

As vias sinalizadas indicam a presença e a preferência da bicicleta sobre os demais veículos, como rege o código de trânsito para todas as vias. Portanto, o principal objetivo de uma ciclorrota é garantir o óbvio, o direito de circulação das bicicletas.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui