Governo Federal inclui Trensurb no Programa Nacional de Desestatização

O Governo Federal incluiu a Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb) no Programa Nacional de Desestatização. A decisão atende a recomendações do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos e consta de decretos presidenciais publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, dia 4 de setembro.

Em maio, o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos definiu uma data provável para oferecer a Trensurb para a iniciativa privada. Pela estimativa do Governo Federal, o edital deverá ser publicado até o fim do primeiro semestre de 2021. Já o leilão deverá ocorrer até o término do mesmo ano.

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos identificou que o serviço oferecido pela Trensurb precisa ser qualificado. Também prevê que ocorra uma expansão da “qualidade da infraestrutura pública”. Ainda não há a confirmação se a este processo de desestatização irá retirar o subsídio da passagem.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), responsável pela operação do metrô em Natal, João Pessoa, Macéio, Belo Horizonte e Recife, também foi incluída no Programa Nacional de Desestatização.

Eduardo Paulino

Paulistano, aquariano e prestativo. É apaixonado pelos temas marketing digital, mobilidade urbana, recursos humanos e empreendedorismo. É o criador dos sites Mobilidade SampaMobilidade Curitiba, Mobilidade RioMobilidade Floripa e Mobilidade Porto Alegre. Quer entrar em contato com o Eduardo? Escreva para eduardo@grupopln.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.