Governo Federal adia provas do Concurso Nacional Unificado devido às chuvas no Rio Grande do Sul

121
Foto: Divulgação
Publicidade

O governo federal decidiu adiar a realização das provas do Concurso Nacional Unificado (CNU), conhecido como “Enem dos Concursos”, que estavam programadas para ocorrer neste domingo (5) em todo o país. A nova data para a aplicação dos exames ainda não foi definida.

A decisão de adiar a prova foi tomada em razão das fortes chuvas que assolaram o Rio Grande do Sul, causando alagamentos, destruição de moradias e resultando em pelo menos 37 mortes até o momento.

Inicialmente, na quinta-feira (2), o Ministério da Gestão havia informado que as provas seriam mantidas para o domingo, incluindo no Rio Grande do Sul. No entanto, diante da situação de emergência no estado, o governo passou a discutir internamente alternativas para evitar prejuízos aos candidatos afetados pelas condições adversas.

Publicidade

O ministro da Secretaria de Comunicação, Paulo Pimenta, destacou que cerca de 86 mil pessoas se inscreveram para realizar as provas do CNU em 10 cidades do Rio Grande do Sul, enquanto o total de inscritos no país foi de aproximadamente 2,5 milhões.

“Precisamos garantir que ninguém seja prejudicado. Ninguém pode ficar impossibilitado de participar do concurso devido à situação de emergência em sua cidade ou devido a bloqueios que impeçam o acesso ao local de prova”, afirmou Pimenta em entrevista à emissora oficial do governo.

“Enem dos Concursos”

O CNU centraliza em uma única prova os concursos autorizados para a seleção de servidores públicos em diferentes órgãos do governo federal. É a primeira vez que isso acontece.

No concurso, estão em jogo 6.640 vagas em 21 órgãos públicos. Os candidatos podem concorrer a várias das oportunidades disponíveis, pagando somente uma taxa de inscrição.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui