DNIT em ação: recuperação emergencial das estradas federais no Rio Grande do Sul

174
estradas rs
Km 188 da BR-470, em Veranópolis (Foto: DNIT)
Publicidade

No Rio Grande do Sul, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está em ação. As recentes chuvas intensas causaram danos significativos em várias estradas federais, exigindo uma resposta rápida e eficiente para garantir a segurança e a mobilidade dos cidadãos.

BR-116: recuperação de trechos atingidos

No km 97, em São Marcos, e no km 163, em Caxias do Sul, as equipes do DNIT estão concentradas na remoção de obstáculos e limpeza, especialmente em áreas onde quedas de barreiras interromperam o tráfego. A situação se repete no km 175, em Nova Petrópolis, e no km 191, em Picada Café.

Todos esses trechos permanecem totalmente interditados para facilitar as operações de recuperação. Além disso, no km 93,5, em Campestre da Serra, a equipe trabalha na limpeza após uma queda de barreira.

Publicidade

Recuperação da ponte sobre o Rio Vacacaí em Santa Maria

Um dos pontos críticos é a ponte sobre a várzea do Rio Vacacaí, em Santa Maria, no km 324,6. Aqui, o DNIT está trabalhando incessantemente, dia e noite, para restaurar a infraestrutura danificada e restabelecer o tráfego. As operações incluem a recuperação da cabeceira da ponte, representando um esforço significativo para superar os desafios enfrentados.

BR-158 e BR-470: esforços contínuos de recuperação

Além da BR-116, outras rodovias importantes também estão recebendo atenção. Na BR-158, no km 316, na região da Serra, e na BR-470, nos quilômetros 188, 201, 202 e 212, em Veranópolis, as equipes do DNIT estão dedicadas à limpeza e remoção de obstáculos para restaurar a acessibilidade das vias e permitir o fluxo normal de tráfego.

Lançamento de aduelas em Eldorado do Sul

Nos trabalhos emergenciais, o DNIT está realizando o lançamento de aduelas no km 132 da BR-290, em Eldorado do Sul. Esse trecho foi afetado pelo rompimento de um bueiro, devido às fortes chuvas, e a rápida intervenção é crucial para evitar maiores danos e restabelecer a infraestrutura.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui