Empresas que circularem com ar-condicionado dos ônibus desligados serão notificadas

830
Ônibus em tempo real
Foto: Alex Rocha
Publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SMMU) e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), passará a notificar as empresas que circularem com ônibus que possuem ar-condicionado e não estiverem com o equipamento em funcionamento a partir desta quarta-feira, 1º de fevereiro. Atualmente, 638 ônibus dos 966 que estão operando têm ar-condicionado na frota e estarão aptos a circular até o final da semana. 

“Há 76 carros que sabemos que estão na fase final de manutenção e esses não serão notificados até o final da semana. Os demais, caso circulem com o ar-condicionado desligado e após esse período, deverão ser recolhidos. Até abril, o número de veículos com ar-condicionado será ainda maior, já que em torno de 60 novos ônibus, todos com equipamento, irão ingressar na frota”, destaca o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior. 

O titular da pasta explica que neste processo de manutenção pós pandemia, houve uma situação pontual com veículos que serão mantidos na frota, embora sem o equipamento em funcionamento. “A Carris nos informou que 20 veículos não devem funcionar, mas optamos por mantê-los no sistema para evitar um maior prejuízo ao usuário. São carros articulados e, em função da idade aliado à pandemia, há uma dificuldade para a aquisição de peças. Eles não estão mais contabilizados entre os veículos que possuem o equipamento e por isso não iremos notificá-los”, explica Castro Júnior. 

Publicidade

De acordo com a legislação, aqueles veículos que possuem refrigeração devem ligá-los a partir dos 24 graus. Em caso de não cumprimento da determinação, os usuários podem registrar reclamação via 118 ou 156. O custo mensal do município para manter o ar-condicionado operando nos veículos é de R$ 826 mil.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui