CCR ViaSul conclui cinco novas pontes na BR-386

324
Ponte Marques de Souza III (Foto: Divulgação/CCR)
Publicidade

Trabalhando em ritmo acelerado desde que recebeu a autorização para iniciar as obras de duplicação da BR-386 em julho do ano passado, a CCR ViaSul informou que concluiu as obras de cinco novas pontes no primeiro trecho da duplicação entre Marques de Souza e Lajeado. Ao todo, são seis novas estruturas ao longo dos 20,3 quilômetros, sendo a última com previsão de conclusão para o mês de abril, localizada no km 339,1, sobre o Arroio Forquetinha.

As novas estruturas já concluídas estão localizadas no km 326,1 (ponte sobre a várzea Marques de Souza I), km 329,7 (ponte sobre Sanga Picada Flor), km 330,2 (ponte sobre várzea Marques de Souza II), km 331 (ponte sobre a várzea Marques de Souza III) e no km 331,4 (ponte sobre a várzea Marques de Souza IV).

Para a conclusão de todas essas estruturas foram utilizadas, entre outras peças, 160 estacas, 16 pilares e 56 vigas de concreto.

Publicidade

“Enquanto estávamos aguardando a emissão da licença ambiental, o processo de produção dessas peças já estava em acontecendo. Dessa forma, adiantamos o máximo possível quando tivemos autorização, uma vez que já tínhamos as estruturas prontas”, explica o coordenador de Engenharia da CCR ViaSul, Fábio Hirsch.

  • Ponte CCR

Já em relação às outras seis estruturas de alargamento das pontes já existentes, uma está com 70% de conclusão, no km 326,1 (várzea Marques de Souza I) e outras duas têm mais de 60% das obras prontas (Sanga Picada Flor e várzea Marques de Souza II). Outras duas (várzeas Marques de Souza III e IV) chegam a 50% concluídos, enquanto o alargamento da ponte sobre o Arroio Forquetinha aguarda a conclusão da primeira ponte para início das intervenções.

“Para a construção de todas essas estruturas, novas e já existentes, estimamos uma utilização de 2.170 m³ de concreto, além de 370 toneladas de ferro”, explica Hirsch.

Até 2030, a CCR ViaSul irá duplicar mais de 165 quilômetros da BR-386 entre Carazinho e Lajeado, beneficiando 22 municípios ao longo do trecho de concessão. Ao todo, na BR-386 no trecho entre Canoas e Carazinho, serão duplicados 225,2 quilômetros da rodovia, com 10,2 quilômetros de construção de faixas adicionais e 75,5 quilômetros de novas vias marginais. Ainda, serão construídos 52 novos acessos, 28 novas interconexões, 27 retornos em nível, 18 novas passarelas, quatro passagens inferiores e 58,3 quilômetros de nova iluminação.

Todo esse investimento faz parte do programa de Concessão Federal no Rio Grande do Sul, tendo como órgão regulador a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui