Pelotas: Avenida Bento Gonçalves ganhará semáforo acionado pelos pedestres

Instalação do equipamento para segurança no trânsito é resultado de parceria da Prefeitura com o Sesi

994
Sesi Pelotas
Foto: Divulgação/STT
Publicidade

Parceria entre a Prefeitura de Pelotas e o Sesi vai garantir mais segurança para pedestres em relação ao trânsito da Avenida Bento Gonçalves. Já está em instalação o novo semáforo, acionado pelos próprios pedestres através de botoeira, na travessia entre a escola da instituição e o Centro de Atendimento a Síndromes Gripais (Centro Covid). A conclusão dos trabalhos e o início do funcionamento são esperados para este fim de semana.

“A instalação do semáforo na Avenida Bento Gonçalves é mais uma ação do Poder Público, junto com a escola do Sesi, para garantir segurança. A sinalização é um dos fatores essenciais para evitar acidentes. O equipamento beneficiará a travessia do Centro Covid, da unidade de ensino e dos demais que residem nas imediações ou buscam acesso a repartições e instituições próximas, como o Hemocentro, a Secretaria de Desenvolvimento Rural, e, até mesmo, o Colégio Municipal Pelotense”, salienta o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam.

Atualmente, a escola do Sesi movimenta, diariamente, cerca de três mil pessoas, entre alunos e funcionários, enquanto o Centro Covid registra fluxo de pessoas em busca de atendimento. O equipamento funcionará por demanda, acionado por pedestre que precise atravessar, seja de um lado, seja de outro da avenida. Cada pista terá a botoeira correspondente.

Publicidade

“Futuramente, quando construído o Hospital Regional de Pronto Socorro de Pelotas, a área terá, ainda, acréscimo considerável de público. O sistema semafórico beneficiará os pedestres, garantindo mais segurança à travessia”, destaca o secretário.

Como vai funcionar

O semáforo só ficará vermelho para os veículos mediante acionamento da botoeira. O sistema é independente para cada lado da avenida. A STT entende que os condutores que trafegam pelo local empregam velocidade que, muitas vezes, torna insegura a travessia dos pedestres, principalmente de pessoas com mobilidade reduzida.

Na parceria, coube ao Sesi entrar com o material semafórico e, à Prefeitura, a instalação e sinalização do local.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui