Avanços e dados já coletados são pautas da segunda reunião do Plano de Mobilidade Urbana de Gravataí

727
Plano
Foto: Prefeitura de Gravataí
Publicidade

Dando sequência ao Plano de Mobilidade Urbana de Gravataí, o Núcleo Gestor esteve reunido na manhã desta quinta-feira, 2 de fevereiro, no Sindilojas. O intuito do encontro foi apresentar o desenvolvimento do plano e os processos que já foram feitos ao longo dos meses, além de debater as próximas diretrizes da elaboração.

Desde outubro, mês em que ocorreu a primeira reunião do núcleo, muito já se avançou na coleta de dados. “Fizemos pesquisas nos coletivos municipais, contagem de veículos nos principais acessos e vias, levantamento de dados secundários e tivemos a nossa primeira audiência pública do plano”, lembrou o secretário de Mobilidade Urbana de Gravataí, Guilherme Ósio.

Dentre os principais pontos a serem vistos e planejados pelo plano estão a proposta de um mapa cicloviário e a acessibilidade dos passeios públicos. “Já iniciamos as melhorias, mas ainda tem muito a ser feito”, destacou o titular da Semurb, pasta responsável pela elaboração do plano. “Vamos fazer uma cidade para todos e por isso a participação popular é tão fundamental”, afirmou.

Publicidade

Outra iniciativa do plano são os workshops, que iniciarão ainda no mês de março com uma edição voltada para as mulheres. Até o final do plano, que está previsto para agosto deste ano, serão realizados cinco encontros voltados para as necessidades de cada nicho de público.

Previsto na Lei 12587/2012, o documento deve ser revisado a cada dez anos e em Gravataí tem como principais eixos o acesso universal à cidade, o planejamento democrático, a integração dos meios de transporte e o desenvolvimento sustentável da cidade.

Ao longo dos últimos dez anos, Gravataí caminha a passos largos na qualificação da mobilidade urbana. Obras como a Ponte do Parque dos Anjos, a pavimentação da Avenida Artur José Soares e diversas duplicações, trouxeram para o município mais conforto e qualidade de vida para os moradores. Instrumento de planejamento de ações de curto, médio e longo prazo na qualificação de mobilidade urbana, o Plano de Mobilidade vai evidenciar as reais necessidades dos gravataienses quando o assunto é tráfego e trânsito.

Entre os membros do núcleo presentes, estiveram na reunião a chefe de gabinete Mari Léia Bastiani, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Roberto Barbosa, secretários municipais e representantes da sociedade civil.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui