Área Azul tem novas formas de pagamento e monitoramento em tempo real

990
Área Azul Porto Alegre
Foto: Giulian Serafim/PMPA
Publicidade

Começaram a funcionar nesta quinta-feira, 20 de outubro de 2022, os novos serviços da Área Azul. Os usuários do estacionamento rotativo já podem pagar por débito automático, cartão pré-pago ou pelo aplicativo da Zona Azul Brasil, o Sigapay. Essas novas formas de pagamento se somam às já existentes: aplicativo Digipare, parquímetro com cartão ou moeda, SMS, pelo telefone 0800 e pontos de venda. O pagamento por PIX estará disponível nos próximos dias e em total funcionamento a partir de 1º de novembro.

Também entrou em operação o carro com OCR (leitor automático de placas) integrado ao sistema de cercamento eletrônico da cidade, que irá permitir a transmissão de dados e imagens em tempo real dos veículos. Todos os automóveis monitorados serão consultados em tempo real no banco de dados de veículos furtados/roubados, com a emissão de alertas no Centro Integrado de Comando de Porto Alegre (Ceic) e no Departamento de Comando da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Em 1º de novembro, juntamente com os novos valores de R$ 2, por meia hora, e R$ 4, a hora, começa a funcionar o Aviso de Irregularidade. A partir desta data, os avisos colocados no para-brisa dos motoristas indicarão a necessidade de pagamento do valor de R$ 32 em até dois dias úteis. Este aviso será emitido para aqueles motoristas que não efetuaram o pagamento regular do rotativo. Ele antecede a infração de trânsito, prevista no valor de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação.

Publicidade

“Iniciamos a operação com a ampliação das formas de pagamento e com o veículo de fiscalização fazendo um trabalho de orientação aos motoristas sobre os novos serviços. Vamos usar esse período para os ajustes necessários, para então, no dia 1º, aplicarmos o novo valor previsto e também a implementação da área para motos e de carga e descarga”, destaca o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

O secretário lembra ainda que o estacionamento rotativo gera a democratização do uso das vagas na cidade. “O rotativo vem para que todos tenham a chance de estacionar o seu veículo. Com esse novo projeto, estamos oferecendo mais formas de regularização. Atualmente, as pessoas que estacionam o seu veículo na Área Azul estão sujeitas a multa. A partir de novembro, os usuários terão a conveniência de pagar o Aviso de Irregularidade, evitando o ônus de uma multa e dos pontos na carteira”, explica Castro Júnior.

Subsídio para o transporte

Parte do valor arrecadado com a Área Azul será destinado ao transporte coletivo. A cada hora de estacionamento rotativo, incluindo a outorga (37,32% da receita bruta obtida pela concessionária), será destinado ao transporte público entre R$ 1,49 e R$ 2,03. A expectativa é que entre os meses de novembro e dezembro de 2022, R$ 3,3 milhões sejam destinados para o transporte coletivo.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui