Porto Alegre não registra assaltos no transporte coletivo em todo mês de novembro

Seguindo a tendência de queda no percentual de assaltos aos ônibus do transporte coletivo da capital, Porto Alegre não registrou esse delito no mês de novembro deste ano, um contraste em relação aos seis assaltos em novembro de 2021. O dado é comemorado e considerado histórico pelo Fórum Transporte Seguro, composto pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Brigada Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, empresas de ônibus e entidades ligadas ao transporte coletivo. 

De janeiro a novembro deste ano, foram registrados 40 assaltos a ônibus em Porto Alegre, número 33% menor do que o verificado no mesmo período de 2021, que contabilizou 60 ocorrências do tipo. No mês de outubro deste ano, apenas um assalto foi verificado, uma redução significativa, uma vez que em outubro do ano passado foram três ocorrências.

Desde 2016, ano de criação da força-tarefa da Polícia Civil e Brigada Militar contra roubos no transporte coletivo, a queda acumulada é de 95% nos assaltos a ônibus, com base nos dados anuais até 2021. Para o gerente de Fiscalização e Transportes da EPTC, Luciano Souto, com a diminuição verificada no decorrer de 2022, é esperado um dado mais positivo. “O resultado apresentado, de zero assaltos no transporte coletivo no mês de novembro, demonstra novamente a importância do trabalho integrado em que a EPTC, as Forças de Segurança e demais órgãos envolvidos realiza ao longo dos anos. É uma redução muito expressiva e faz com que possamos oferecer um serviço mais seguro e tranquilo aos usuários do transporte público”, concluiu.

Ano a ano 

Em 2016, durante todo o ano, foram 915 assaltos. Em 2017, esse número baixou para 612 e, em 2018, caiu para 400 ocorrências. Em 2019, foram 191 assaltos, depois 140 em 2020 e, em 2021, foram 61 ocorrências no ano inteiro. Ressalta-se que neste ano de 2022 foram contabilizadas, até o momento, 40 assaltos, o que deve reduzir ainda mais os números em termos percentuais em tais incidências. Para os especialistas do fórum, esta redução evidencia que Porto Alegre realiza um trabalho pioneiro em termos de segurança no transporte coletivo.

Fórum do Transporte Seguro 

O fórum é uma iniciativa pioneira no Brasil, resultado da criação de uma força-tarefa em 2016, em razão do alto número de assaltos à ônibus e lotações. Integram o grupo o Ministério Público, a Polícia Civil, Brigada Militar, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP), Associação dos Transportadores de Passageiros por Lotação (ATL), Guarda Municipal de Porto Alegre, Sindicato dos Rodoviários, Carris e os consórcios de ônibus Via Leste, Mais, Mob e Viva Sul.

Deixe um comentário