Avança vacinação dos metroviários da Trensurb

Secretaria da Saúde de Porto Alegre disponibilizou 58 doses de vacina contra a Covid-19 a agentes da segurança metroviária

151
Trensurb Norte
Foto: Divulgação/Trensurb
Publicidade

Nesta terça e quarta-feira, dias 4 e 5 de maio, respectivamente, 58 agentes da segurança metroviária da Trensurb devem receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. As doses estão sendo disponibilizadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre como parte da vacinação do grupo prioritário de profissionais da segurança pública.

O Diretor de Operações da Trensurb, Luís Eduardo Fidell afirma que, desde o início do planejamento da imunização no país, a empresa buscou articular-se pela inclusão dos metroviários nos grupos prioritários de vacinação. “Além de ser um serviço essencial, nossos colegas estão na linha de frente e vêm prestando um serviço de excelência para a população desde o início da pandemia. Dessa forma, temos a necessidade de proteger esses profissionais”, afirma o diretor.

Os metroviários foram, de fato, incluídos entre os grupos prioritários, porém a fila da priorização é extensa. Por isso, a direção da Trensurb seguiu buscando possibilitar a imunização do maior número de empregados o mais cedo possível.

Publicidade

“Quando fomos informados que os profissionais da segurança pública do estado teriam a vacinação antecipada, enviamos uma solicitação para que nossos seguranças também fossem enquadrados nessa categoria”, relata Fidell.

Hoje, a Trensurb foi informada a respeito da disponibilização das 58 doses. O grupo que será vacinado prioriza empregados com comorbidades e até 59 anos – afinal os maiores de 60 já estão contemplados em grupo prioritário específico.

Claro que precisamos que os demais profissionais da linha de frente também sejam vacinados”, afirma o Diretor de Operações, “mas a vacinação chegando aos 60 anos no estado já abrange 30% dos nossos empregados e seguiremos lutando para que a vacinação atinja 100% dos empregados da Trensurb, afinal de contas nosso serviço não pode parar e, para isso, precisamos garantir a segurança e a tranquilidade para que nossos colegas consigam exercer suas funções e atender à mobilidade da população”.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui