Mais da metade da BR-116 entre Guaíba e Pelotas já opera em pistas duplas

Mais 27,1 quilômetros de pistas duplicadas na BR-116, entre Guaíba e Pelotas, foram liberados ao tráfego nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro de 2020. A inauguração faz parte da agenda de entrega da Nova Ponte do Guaíba, em Porto Alegre.

A duplicação deste segmento da BR-116 totaliza 211,2 quilômetros de pista nova para os usuários da rodovia, dos quais mais da metade já opera em pistas duplas.

Durante o evento, também foi assinado o contrato para início dos projetos e obras no lote 10 da BR-116, contemplando a duplicação da ponte sobre o rio Camaquã e a implantação do viaduto em Pompeia. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas e o general Santos Filho assinaram, ainda, a ordem de serviço para pavimentação e melhorias da BR-470.

“Vamos fechar 2020 cumprindo a meta que prometemos no início do ano, de chegar à marca de 120 quilômetros duplicados esse ano. Até 2019 não tinha sido entregue nenhum quilômetro e já estamos chegando a mais de 50% da extensão total dos 211”, afirmou o ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

“São 120 quilômetros duplicados que fazem muita diferença na vida do usuário da BR-116. É tempo de viagem que está sendo economizado, são custos que estão sendo reduzidos, são vidas que estão sendo poupadas. E vamos continuar firmes para 2021”, completou.

A entrega contempla os trechos de 10,51 quilômetros em Barra do Ribeiro (quilômetro 320 ao quilômetro 330,5); de 9,1 quilômetros entre Tapes e Camaquã (quilômetro 373 ao quilômetro 382,1); e de 7,5 quilômetros em Cristal (quilômetro 430,6 ao quilômetro 438,1). Com estas liberações, a obra chega a 57% do total a ser duplicado.

Ao longo dos últimos dois anos o Ministério da Infraestrutura concluiu e liberou ao tráfego trechos em Pelotas, São Lourenço do Sul, Turuçu, Cristal, Camaquã, Tapes e Barra do Ribeiro.

O projeto de duplicação beneficia diretamente 12 municípios da região Sul do Estado e vai além da implantação de uma nova pista. Os usuários da rodovia passarão a contar também com melhorias como travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais, viadutos, passarelas e pontes. Com todas essas intervenções, a obra trará mais segurança, conforto e organização ao tráfego das cidades do seu entorno.

Contorno de Pelotas

Ainda nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro de 2020, a pista do viaduto construído na intersecção da BR-392 com a via férrea, no quilômetro 65,4 da rodovia, em Pelotas, começa a operar em mão dupla, temporariamente, até que seja concluída a construção da estrutura.

Desde o dia 2 de dezembro, a pista sentido Rio Grande estava liberada ao tráfego. O viaduto integra as obras do Contorno de Pelotas – duplicação rodoviária localizada no sul do Rio Grande do Sul e que faz a ligação com o Porto de Rio Grande.

Desde 2019, o Governo Federal concretizou quatro liberações neste empreendimento: o viaduto construído no entroncamento da BR-392 com a Avenida Viscondessa da Graça; 3,5 quilômetros do trecho que vai do viaduto do entroncamento com a Avenida Viscondessa da Graça até o viaduto em construção sobre a via férrea, incluindo a ponte sobre o canal Santa Bárbara; e três quilômetros em maio de 2020 (do quilômetro 66 da BR-392 ao quilômetro 526,4 da BR-116), incluindo os viadutos construídos nos entroncamentos da Oderich e da Avenida Duque de Caxias, no sentido Rio Grande; e um dos viadutos sobre a via férrea em dezembro de 2020.

Mais melhorias

Desde a última quarta-feira, dia 9 de dezembro, a passagem inferior do projeto da interseção de acesso ao município de Bozano, localizada entre o quilômetro 443 e o quilômetro 444 da BR-285, no perímetro urbano da cidade, já estava liberada.

A obra integra um conjunto de melhorias como a implantação de uma semirrótula e de 1,7 quilômetro de ruas laterais destinadas a conectar os dois lados da cidade dividida pela BR-285. Os trabalhos devem ser concluídos em janeiro de 2021.

Ainda no Rio Grande do Sul, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes concluiu a restauração de 10 quilômetros de pista, entre o quilômetro 509 e o quilômetro 519 da BR-472, no município de Itaqui. O trecho começou a ser recuperado em junho deste ano.

As obras de infraestrutura no Rio Grande do Sul continuam. Esta semana também foram abertas as propostas da licitação para projeto e obras de implantação dos oito últimos quilômetros que faltam de pavimentação da BR-285, importante empreendimento que fará a ligação do Rio Grande do Sul com Santa Catarina.

Mobilidade Porto Alegre

A redação do Mobilidade Porto Alegre é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Porto Alegre e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@grupopln.com.br

2 thoughts on “Mais da metade da BR-116 entre Guaíba e Pelotas já opera em pistas duplas

  • Pingback: Nova Ponte do Guaíba é inaugurada nesta quinta-feira, dia 10

  • 7 de janeiro de 2021 em 17:27
    Permalink

    Comentar o que ?
    Uma obra que se arrasta por muitos anos e que não tem previsão de ficar totalmente pronta ?
    Cada quilômetro entregue parece uma conquista de um super feito, como uma estrada japonesa.
    Vai sendo entregue a conta gotas para o governo fazer campanha eleitoral.
    BR 116 NO RGS É PALANQUE DE CAMPANHA.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.