Obras de duplicação do Contorno de Pelotas entram em sua fase final

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes já executou 96% dos serviços e previsão é concluir o empreendimento até o fim de 2021

156
Pelotas Contorno
Foto: Divulgação/Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes
Publicidade

A duplicação da BR-116 e da BR-392, no Contorno de Pelotas, visa garantir mais fluidez ao trânsito, assim como segurança aos usuários da rodovia e comunidades lindeiras. Além de uma nova pista de rolamento, o empreendimento tem trazido melhorias como ruas laterais, pontes e viadutos.

Com 96% dos serviços executados, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem condições de terminar as obras até o fim de 2021.

Dos 23,69 quilômetros previstos para serem duplicados, 21 estão entregues ao tráfego de veículos. Agora as obras se concentram, principalmente, em três viadutos.

Publicidade

Na interseção da BR-116 com a Avenida Cidade de Lisboa são feitas as estacas dos viadutos da trincheira. No cruzamento da BR-392 com a Avenida Duque de Caxias, a Autarquia trabalha na execução de aterros.

Já a elevada, em construção no entroncamento da BR-392 com a via férrea, está na fase da superestrutura ao mesmo tempo que os aterros estão sendo executados.

Mensalmente, a Autarquia produz materiais audiovisuais no intuito de registrar o andamento do empreendimento. Vídeos com imagens aéreas, capturadas com auxílio de drones, são disponibilizados e veiculados para manter a comunidade atualizada sobre o avanço da duplicação.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui